‘Verba Covid’ está mantida para servidores da Saúde

Yva.com.vc/Assessoria de Imprensa/ SISMA-MT

 

Os servidores da Saúde na linha de frente do combate à Covid-19 tiveram a verba indenizatória mantida, até junho. A extensão do pagamento conhecido como ‘verba Covid’ foi apresentada por meio de Projeto de Lei encaminhado pelo Governo Estadual e aprovado pela Assembleia Legislativa, nesta terça-feira, 23.

A notícia da continuidade do pagamento foi adiantada pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (SISMA/MT), Carmen Machado, na última semana, após reunião com o titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT), Gilberto Figueiredo.

“Ficamos contentes com essa decisão em prol do coletivo. Essa garantia atende as reivindicações dos nossos colegas, de valorizar os profissionais da linha de frente, e também nos confirma, a importância do alinhamento entre Governo e trabalhadores, pelo melhor para a população, visto que a pandemia não acabou e precisamos desses profissionais na linha de frente. Reconhecemos ainda, a ação do secretário Gilberto Figueiredo nesta conquista, e no encaminhamento de melhores condições de vida e trabalho para os servidores.”, comentou Carmen Machado.

De acordo com informações da SES/MT, até o momento cerca de quatro mil servidores da Rede Estadual de Saúde receberam a ‘verba Covid’. O pagamento é destinado especificamente aos trabalhadores que atuam na linha de frente do combate à doença causada pelo novo Coronavírus, em unidades hospitalares, ambulatoriais e finalísticas da SES-MT.

Com a aprovação, a verba indenizatória entrará será paga de forma retroativa e passará a valer, a partir de janeiro de 2021, por mais seis meses. Os pagamentos de janeiro e fevereiro serão quitados por folha suplementar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.