Prática Integrativa auxilia no tratamento de trabalhadores da saúde

Os trabalhadores filiados ao Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (SISMA/MT) recebem atendimento terapêutico gratuito, com os Florais de Minas, desde junho deste ano. Ao todo, 50 profissionais de todo o Estado foram atendidos, entre junho e agosto, pela terapeuta Rita Borges, voluntária na iniciativa.

“Conhecemos a carga física, psicológica e emocional que o servidor da saúde enfrenta, por isso, a meta do sindicato é realizar diversos atendimentos para promover a atenção à saúde de forma integral, em especial por meio do autocuidado, seja de maneira direta, ou por meio de convênios. Porém, neste momento de distanciamento social consideramos o Florais uma medida eficiente”, afiançou a presidente do SISMA/MT, Carmen Machado.

Sobre o tratamento a terapeuta Rita Borges conta, “São utilizadas substâncias, essenciais florais, produzidas pelas plantas e flores nativas ou bem adaptadas ao Brasil, por isso combinam com o nosso corpo e trazem benefícios à saúde”.

A terapeuta ainda conta que o modelo de atendimento remoto, realizado pelo SISMA possibilita o amplo acesso e garante os benefícios do tratamento.

“A própria pessoa escolhe a suas flores porque ela reconhece a suas necessidades, e os florais trabalham o sub consciente, aquilo que não está exposto, e acertadamente ela escolhe a essencial floral que mais necessita, que está no subconsciente para ser trabalhado”, reforça”, Rita Borges.

Para ter acesso a essa a terapia de Florais de Minas, o filiado ou dependente só precisa preencher uma ficha com dados pessoais, e relatos de doenças e incômodos, e selecionar as flores. Com essas informações, a terapeuta realizará a anamnese online, que ao final prescreverá o tratamento, com este documento em mãos, o florais deverá ser manipulado, e tem o custo médio de investimento de R$35,00 nas farmácias especializadas em manipulação.

“Os Florais são uma espécie de suplemento, uma bebida saudável, para ser tomada em poucas gotinhas, que se mostra eficaz na manutenção de uma melhor qualidade de vida. Pode ser utilizado como complementar ao tratamento médico, ou mesmo que não exista um tratamento tradicional, ele é aliado para combater condições como insônia e ansiedade”, comentou a enfermeira e terapeuta que será responsável pelo atendimento, Rita Borges.

O projeto de tratamento com os Florais de Minas é coordenado pela 2ª-secretária do SISMA/MT Solanayara da Silva. Ela avalia a recepção por parte dos filiados como positiva, considerando que o reconhecimento dessa Prática Integrativa Complementar (PIC) pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) é recente, por isso, ainda levará algum tempo para que as pessoas confiem mais nos benefícios.

Para mais informações fale com o SISMA pelo telefone (65) 3661-5615, caso precise de ajuda para encontrar uma farmácia especializada, o filiado pode falar com a coordenadora do projeto Solanyara, (65) 9 8115-3748.

Clique no link para acessar o formulário e iniciar o atendimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.