SISMA usa tribuna livre e apresenta projeto de amamentação

‘Oportunizar o Direito à Amamentação nas Unidades de Saúde do Município’ foi o tema do Projeto de Lei apresentado na Câmara Municipal de Cuiabá. O projeto faz parte de uma parceria entre o Sindicato dos Servidores da Saúde e a vereadora Michelly Alencar.

A apresentação foi realizada na tribuna, desta quinta-feira, dia 17, pela presidente do SISMA, Carmen Machado juntamente com a segunda secretária do Sindicato e doutora em nutrição, Solanyara Maria da Silva.

O intuito do projeto é implantar salas de apoio para amamentação e postos de coleta de leite materno em órgãos públicos de administração direta ou indireta da capital, além de garantir que as lactantes que retornarem da licença-maternidade possam ter à sua disposição espaço adequado para poder retirar e armazenar o seu leite durante a jornada de trabalho ou mesmo alimentar seus bebês nesta sala.

“Desde o ano passado estamos pensando em qual seria a melhor forma de atender as mulheres que estão amamentando e o projeto de a implantação das salas de aleitamento materno em todos os órgãos públicos municipais é o primeiro passo. A iniciativa pode ajudar Cuiabá a deixar de ser a capital que menos amamenta”, destacou a vereadora Michelly Alencar que complementou dizendo que a Câmara de vereadores “terá uma sala disponível para todas as mulheres que estejam no órgão, seja como servidora ou visitante”.

“Em até 15 dias a Câmara Municipal irá inaugura um espaço que contemplará as lactantes tanto para aleitamento quanto para o armazenamento do leite. Parabenizo as diretoras do SISMA por trazerem essa aula explicativa sobre a importância desse tema, pode ter certeza que esse projeto que a vereadora Michelly Irá apresentar terá o apoio dessa casa e desta presidência, afinal não é necessário ser mulher para saber o que elas precisam, um tema como esse engrandece essa casa”, disse o presidente da Câmara, Juca do Guaraná.

A presidente do SISMA, Carmen Machado destacou que o sindicato visa cumprir sua função social.  “Estamos nos mobilizando não só nas questões laborais, mas sobretudo articulando com os poderes Estadual e Municipal políticas públicas voltadas para saúde que visem atender a necessidade da população, nesse sentido eu parabenizo a vereadora Michelly Alencar, Edna Sampaio e a Maria Avallone que representam as mulheres de forma brilhante, parabenizo também o presidente da Câmara, Juca do Guaraná que foi extremamente sensível com essa causa e vai ser o protagonista deste projeto não só na capital, mas também no Estado de Mato Grosso”, ressaltou Carmen Machado”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.