SISMA entrega ‘carta pauta’ ao deputado estadual Lúdio Cabral

Dando continuidade a entrega da ‘Carta Pauta’ de compromisso com as demandas da categoria da saúde, a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde (SISMA), Carmen Machado, entregou nesta segunda-feira, dia 29, o documento, ao deputado estadual e candidato à reeleição, Lúdio Cabral.

O documento ressalta cinco principais pautas da saúde. Lúdio assinou a carta, atestando o recebimento e assumiu um compromisso com o sindicato no que diz respeito às demandas apresentadas.

Confira as pautas:

1 – Garantia legal, por meio de uma política dos pagamentos relativos as perdas inflacionárias referentes aos anos de 2018/2019/2020/2021 e 2022 – Revisão Geral Anual – RGA;
2 – Realização de Concurso Público em 2023, visando o preenchimento de força de trabalho em saúde, com a participação do Sindicato no Grupo de Trabalho, tendo em vista que a Gestão Estadual, permitiu em outras Secretarias a participação Sindical, imprescindível frisar que, historicamente, o SISMA/MT, como pode ser comprovado via documentos institucionais, participou desse processo, o que é de suma importância, fato que, inclusive, irá proporcionar maior transparência no certame;

3 – Alteração da jornada de trabalho de 30 (trinta) para 40 (quarenta) horas semanais, dos profissionais efetivos – Grupo de Trabalho Instituído por meio da Portaria nº 305/2022/GBSES (Doc. Anexo);

4 – Garantia de articulação para o atendimento do Sindicato por parte dos Órgãos Governamentais, a saber: SES/MT, SEPLAG, Casa Civil, uma vez que, enfrentamos ao longo de toda Gestão, dificuldades na receptividade e falta de escuta qualificada, tornando as tentativas de solucionar algumas celeumas, mais complexas;

5 – Articular a Instituição de Comissão, com a participação do Poder Legislativo, objetivando a revisão do Plano de Cargos Carreiras e Salários da SES/MT, que desde de 2011, não sofreu nenhuma alteração visando atender as necessidades financeiras da Categoria.

6 – Instituição de uma Comissão proposta pela Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso – ALMT, com vistas a um estudo de viabilidade para minimizar a alíquota previdenciária dos aposentados e pensionistas, que atualmente vivenciam uma situação de penúria.

Veja vídeo:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.