Sisma acompanha aprovação da PLC e segue na luta pelo sancionamento do Projeto

O Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 036/2020 foi aprovada em segunda votação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT), na manhã desta segunda-feira (14). Dos 24 parlamentares, 23 votaram pela aprovação e um o deputado estadual Xuxu Dalmolin, se ausentou. O projeto segue para sanção ou veto do governador Mauro Mendes.

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde de Mato Grosso (SISMA/MT), Carmen Machado, acompanhou a votação no plenário da AL. “A justiça foi feita com os servidores que tanto contribuíram para com a construção deste Estado. Dialogamos com os parlamentares, comprovamos a importância desse PLC e agora vamos fazer o mesmo junto a gestão estadual, para que o projeto seja sancionado e diminua as perdas com a reforma da previdência”, comentou a presidente.

Se sancionado, o desconto da contribuição previdenciária volta a ser como era antes da aprovação, da primeira etapa, da reforma da previdência estadual, em fevereiro de 2020. Ou seja, com a aprovação a isenção será considerando o teto do INSS (isenção até R$ 6.101,06).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.