Fórum Sindical se reúne com governador em exercício, Otaviano Pivetta

Com visão diferenciada e buscando diálogo institucional, a nova coordenação do Fórum Sindical dos Servidores Públicos do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso e outros representantes sindicais se reuniram com o governador em exercício, Otaviano Pivetta, para tratar das reivindicações comuns das categorias.

Na oportunidade os novos coordenadores do Fórum, apresentaram quatro das principais demandas, sendo elas: reposição das perdas salariais (acumuladas de 2018 a 2022), realização de concurso para todas as carreiras dos servidores públicos do poder executivo e ainda o fim do “confisco” dos aposentados e pensionistas que recebem abaixo do teto do INSS.

“Queremos saber qual vai ser a política adotada no caso da Revisão Geral Anual, o RGA, do Estado e como será esse novo mecanismo. Precisamos, de fato, esclarecer o que a gente perdeu nesse período”, pontuou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (SINTEP), Valdeir Pereira.

“Sabemos que nem tudo é possível. Todos aqui têm uma carreira de anos no serviço público e conhecemos as dificuldades. Entretanto, também sabemos que estamos em um Estado promissor e muitas dessas questões podem ser atendidas”, ressaltou a presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde (SISMA), Carmen Machado que complemento dizendo que tem certeza que governador em exercício será nossa a ponte entre servidores e governo.

Otaviano Pivetta assumiu que é necessário dar respostas concretas para as categorias. “Nós estamos aqui para atender o interesse da sociedade Mato-grossense da qual vocês fazem parte, a quem devemos toda nossa dedicação. Se todos olharmos para o que for de interesse geral e nisso incluo os servidores públicos, teremos sim, um diálogo. Me comprometo de agendar ainda na primeira quinzena do mês de março, uma reunião com Mauro Mendes e equipe, afinal o Estado trabalha com transparência”.

Os representantes do Fórum Sindical veem buscando apoio na tentativa de conseguir dialogar com a gestão estadual. Recentemente representantes do Fórum se reuniram com o Senador Wellington Fagundes, com a deputada Janaina Riva e também com os deputados federais Professora Rosa Neide e Neri Geller, além das incontáveis visitas aos parlamentares, na Assembleia Legislativa (ALMT).

“O Fórum não está observando siglas partidárias e sim buscando apoio de todos aqueles que foram eleitos pelo povo e que tem a responsabilidade de dar respostas às demandas da sociedade. Não é possível esperar mais”, concluiu a presidente do SISMA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.