SISMA participa da inauguração da Sala de Amamentação da Câmara Municipal de Cuiabá

A Câmara Municipal de Cuiabá inaugurou a Sala de Amamentação e fraldários, nas instalações do prédio. A ideia se deu após o Projeto de Lei ‘Oportunizar o Direito à Amamentação nas Unidades de Saúde do Município’, que foi apresentado pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde (SISMA), Carmem Machado juntamente com a diretora do SISMA, Solanyara Maria para a Vereadora Michelly Alencar (DEM) e de pronto, acolhida pelo presidente do Legislativo municipal da capital, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB).

O projeto tem o intuito de implantar salas de apoio para amamentação e postos de coleta de leite materno em órgãos públicos de administração direta ou indireta da capital. A iniciativa é pioneira em Mato Grosso e a Casa de Leis é a primeira do Centro-Oeste a ter um espaço público dedicado às lactantes.

O espaço vai atender servidoras e cidadãs que por algum motivo estejam na Casa de Leis.

O local além de beneficiar as mães homenageia uma mulher que muito batalhou essa conquista e por outras causas de famílias, em especial as mais vulneráveis, a senhora Ernestina Ferreira Nascimento, falecida em 2021, vítima de covid-19.

“Muitos não sabem, mas vim ao mundo por meio de parteira e quem fez meu parto foi Dona Ernestina. Para mim essa homenagem é muito importante e me deixa emocionada. A Câmara de Cuiabá é pioneira desse projeto, mas tenho certeza que vai servir de exemplo não só para outras Casas de Lei, mas também para demais órgãos públicos do Estado de Mato Grosso. Esse espaço foi executado e pensado com muito carinho”, destacou Juca do Guaraná Filho.

A sala além de climatizada e decorada, conta com geladeira, micro-ondas, sofás e poltronas para garantir que as lactantes que retornarem da licença-maternidade possam amamentar e ainda ter à sua disposição espaço adequado para poder retirar e armazenar o leite durante a jornada de trabalho. Já os fraldários foram instalados nos banheiros femininos e masculinos da Casa.

“É com muito carinho que cumprimento o presidente desta casa de lei, sensível, jovem e promissor político que acreditou nesse projeto importantíssimo no ponto de vista não só da mulher e da criança, mas pensando na redução da mortalidade infantil do nosso Estado. Vista a importância do leite materno”, ressaltou Carmem Machado.

A presidente do sindicato estendeu os agradecimentos as vereadoras Michelly Alencar, Edna Sampaio e a diretora Solanyara Maria que também têm apoiado os projetos que visam atender a população. “Gratidão a esta Casa de Lei e todos os envolvidos nesse projeto e que essa iniciativa seja referência no Estado”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.