SISMA divulga Manifestação Conjunta, assinada por mais de 20 entidades representativas

Sindicato dos Servidores da Saúde de Mato Grosso (SISMA/MT) divulga Manifestação Conjunta, assinada por mais de 20 entidades representativas repudiando o processo seletivo 001/2022 da Secretaria de Estado e Saúde (Ses). O documento foi protocolado no Ministério Público Estadual do Estado de Mato Grosso (MPE/MT).

A manifestação dá continuidade ao movimento colegiado, iniciado na última segunda-feira, dia 10, data em que os representantes dos conselhos de classes, sindicatos, conselhos das mais diversas áreas da saúde e afins, se uniram para protestar contra o edital do processo seletivo e solicitar o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) de 2019, firmado pelo Ministério Público, exigindo a realização do concurso público.

Um dos apontamentos apresentado no manifesto é o discurso que justifica a realização emergencial do seletivo ‘com necessidade para retomada das cirurgias eletivas’, uma vez que o edital não contempla sequer médicos cirurgiões.

“O processo seletivo aprofunda a precarização do trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS), promovendo fragilidade e descontinuidade do cuidado, baixa qualidade no atendimento, perdas de direito trabalhistas, exploração do trabalhador, desmotivação das equipes que seguem submetidas a não proteção social no trabalho, onde todos os seus direitos trabalhistas são negados”, diz trecho do documento que segue anexo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras notícias

© SISMA-MT – 2021. Todos os direitos reservados.