- QUARTA, 16 DE JUNHO DE 2021

SISMA se mantém na luta pelos direitos de servidores


A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (SISMA/MT), Carmen Machado, participou da reunião com Fórum Sindical, na manhã desta segunda-feira, 24. Entre as pautas discutidas pelos líderes sindicais estão à proposta de isenção de desconto previdenciário aos aposentados e pensionistas, o pagamento de 2% da Revisão Geral Anual (RGA), anunciados pelo Governo do Estado na folha de maio.

 

 “Os 14% de desconto previdenciário é um confisco do Governo que só amplia as perdas salariais dos servidores. O Projeto de Lei Complementar anunciado recentemente pela Gestão Estadual propõe isentar do pagamento, profissionais que recebem até 3.300 reais, acima deste valor e até 9 mil, será descontado os 14% do excedente. Essa é uma solução paliativa e não resolutiva, por esse motivo precisamos continuar a lutar pelos direitos coletivos desses servidores e dos que não serão beneficiados por essa PLC.”, pontuou a presidente do SISMA/MT Carmen Machado.

 

Durante o encontro, os líderes sindicais aprovaram uma manifestação geral no dia 02 de junho, às 08h em frente à Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG).

 

A expectativa é de que o ato será o primeiro de uma série de ações progressivas, e o Fórum não descarta a chamada para uma greve geral, caso o diálogo junto ao Governo do Estado não avance.



Comentários

Deixe Seu Comentário