- SEGUNDA, 17 DE MAIO DE 2021

SISMA negocia reajuste da Unimed de Cuiabá e Rondonópolis em benefício de filiados



O Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (SISMA/MT) negociou para que houvesse o aumento mínimo no plano de saúde conveniado, nos contratos da Unimed Cuiabá e de Rondonópolis.

 

O sindicato conseguiu negociar, e em Cuiabá, o percentual inicial requerido pela empresa era de 16%, e o SISMA conseguiu chegar a 8% o total de reajuste. Enquanto em Rondonópolis o aumento requerido pela empresa era 6,12% e após a intervenção do sindicato chegou a 5%, os dois planos tem o mês de maio como data base.

 

Mais do que a negociação, o sindicato também está trabalhando na viabilidade de novos convênios que sejam mais acessíveis, proporcionando mais opções, que atendam de forma ampliada as necessidades dos filiados.

 

“Considerando todas as despesas suportadas pelos sindicalizados, o ideal era não ter reajuste algum. Mas o SISMA realizou essa difícil negociação, com o apoio da assessoria jurídica. Assim conquistamos esse reajuste dentro do mínimo possível para os filiados e continuaremos trabalhando em busca de mais benefícios”, contou a presidente do SISMA/MT, Carmen Machado.

 

O reajuste do plano de saúde começou a ser cobrado em todo país, em janeiro deste ano, com a permissão da Agência Nacional de Saúde (ANS), época em que começaram as tratativas do sindicato com a empresa.

 

O percentual reajustado, diz respeito a nove contratos de Cuiabá, e dois contratos de Rondonópolis. Caso os filiados precisem de mais informações podem entrar em contato com o SISMA/MT pelo telefone 3661-5491. 

Comentários

Deixe Seu Comentário