- QUARTA, 18 DE SETEMBRO DE 2019

Saúde Estadual institui cadastro de Especialistas para atividades na Escola de Saúde Pública-MT

    A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso instituiu através da Portaria nº289/2019/GBSES publicada no Diário Oficial do Estado no último dia 02(Diário nº27580, página 31), cadastro de Especialistas, Mestres (as), Doutores (as) e Pós-doc para desenvolverem as atividades de Magistério, Preceptoria e demais atividades realizadas pela Escola de Saúde Pública-MT.


    O Cadastro será composto pelos (as) trabalhadores (as) do SUS/SESMT relacionados no Anexo Único da Portaria (em anexo), sendo opcional aos trabalhadores que possuem a titulação independentemente da concessão de licença ou dispensa pela SES/MT.


    Segundo a Diretora da Escola de Saúde Pública de Mato Grosso, Silvia Aparecida Tomaz, informa que o objetivo é ter um banco de especialista, mestres, doutores e pós doutores , um dos itens desafiadores (e necessários) no recredenciamento da escola para certificação da especialização.


    Informa ainda que após essa primeira etapa será publicado o banco com os profissionais que se cadastrarem, em seguida haverá um encontro com os profissionais e após terem colocado as ações com as quais irão cooperar na escola será dada sequencia ao planejamento, fazendo com que os trabalhadores tragam seu conhecimento de forma estratégica para a educação permanente nos serviços de saúde do Estado de Mato Grosso, finaliza.

 

    Para Oscarlino Alves, Presidente do SISMA-MT, trazer os profissionais já capacitados da SES-MT na formação do banco de Especialistas, Mestres (as), Doutores (as) e Pós-doc para atuação dentro do SUS Estadual é uma forma de valorizar o trabalhador, aproveitar seu conhecimento na construção e disseminação de saberes que hoje estão se perdendo com a ida desses profissionais à aposentadoria e pela falta do Concurso Público da Saúde tão almejado pela categoria.


    “A Escola de Saúde Pública tem um papel fundamental na construção do conhecimento no SUS Estadual e o SISMA apoia totalmente a ação que visa ampliar de forma estruturada a educação permanente tão necessária em nosso Estado.” Finaliza.


Para maiores informações consulte portaria em anexo.

Comentários

Deixe Seu Comentário