- SÁBADO, 07 DE DEZEMBRO DE 2019

Presidente do Sintep-MT diz que pagamentos de salários é incerto e que Mendes é versão piorada de Taques

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública de Mato Grosso (Sintep/MT), Valdeir Pereira, declarou ao site PolíticaMT que o governador Mauro Mendes (DEM) é uma versão bem piorada de o ex-líder do Executivo estadual, Pedro Taques (PSDB). 

“O atual Governo tem tratado os servidores com truculência. Na verdade, eu vejo que o atual governador é uma versão piorada de Pedro Taques. Esta greve e a falta de interesse de negociação por parte do Estado, está prejudicando a gente e toda a comunidade escolar”, disse Perreira.

 A categoria da Educação está a dois meses em greve e reivindicam o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) e o cumprimento da Lei 510, que se refere ao reajuste de salários.

O Governo de Mato Grosso alega que Estado não tem como bancar a concessão, pois ultrapassaria os limites de gasto com pessoal impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O Sintep discorda. “A Educação tem um recurso específico. Enquanto isto, estamos na incógnita, pois ainda nem sabemos como será o pagamento dos salários feito pelo Governo”, disse Valdeir.

Em nota, a Secretaria de Comunicação do Estado (Secom), declara que o pagamento dos salários continua normalmente, à exceção dos servidores grevistas, que devem continuar com o ponto cortado. 

Comentários

Deixe Seu Comentário