- SEGUNDA, 24 DE JUNHO DE 2019

Estados enfrentam crise, mas sobram recursos no Judiciário e no Legislativo

BRASÍLIA - Imunes às tesouradas nos gastos quando há frustração na arrecadação, os poderes Legislativo, JudiciárioMinistério Público e Defensoria dos Estados tinham no fim do ano passado uma sobra de R$ 7,7 bilhões em recursos livres, que poderiam ser usados para bancar outras despesas, segundo levantamento do Estadão/Broadcast com dados fornecidos pelos próprios órgãos ao Tesouro Nacional. Enquanto isso, os Executivos dos Estados continuam com contas atrasadas e muitos não conseguem colocar salários de servidores em dia.

Hoje, os governadores assumem sozinhos o ajuste nas contas e são obrigados a repassar integralmente aos demais Poderes a parcela mensal de recursos prevista no orçamento, chamada de “duodécimo”, mesmo que a projeção de despesas já não seja mais factível diante da queda nas receitas. 


Comentários

Deixe Seu Comentário