- SEXTA, 20 DE ABRIL DE 2018

SISMA se reúne com Gestão de Pessoas da SES

Na manhã desta quinta-feira (12/04) estiveram reunidos sindicato e superintendência de gestão de pessoas da Secretaria de Estado de Saúde (SES), com a presença de Oscarlino Alves (presidente), Ana Claudia (vice-presidente), Drª Emanuelle (ouvidora sindical), Izabella Santana (superintende de Gestão de Pessoas da SES), Regina Salies Ferreira (gerente de Provimento da SGP/SES) e Soraia Maciel (coordenadora de Aplicação, Desenvolvimento e Segurança).


O primeiro item discutido foi à composição do Grupo de Trabalho (GT) paritário, pela gestão de pessoas da SES e servidores da carreira sindicalizados, com a finalidade de realizar estudos para possível reestruturação da carreira.


Oscarlino lembrou que no dia 06 de março deste ano, o SISMA em Assembleia Geral Extraordinária atendeu solicitação da base elegendo representantes dos 3 (três) cargos para compor o GT já acordado com gestão da SES em 2017 e que no dia 13 de março, encaminhou via Ofício n° 043/2018, os nomes dos representantes dos servidores sindicalizados fazendo a cobrança à gestão da pasta para publicação da portaria que instituirá o grupo. A superintendente de Gestão de Pessoas da SES, Izabella se comprometeu indicar os integrantes da superintendência e publicar a portaria em no máximo 15 dias corridos para início dos trabalhos.


Em seguida, Ana Claudia colocou novamente à mesa a discussão sobre a Portaria nº 012/2018 e a necessidade de disponibilização de mais pontos dentro das unidades de saúde do complexo do CERMAC onde estão o LACEN e Hemocentro, e pedindo garantias que nesta fase de implantação que não haja riscos de cortes de ponto indevidos que possam prejudicar os servidores. Novamente a superintende se postou dando a segurança que a SGP tem conhecimento desses problemas e que já está tomando providências.


A realização do Concurso Público ainda em 2018 também foi discutida nesta reunião, onde sindicato e SES trabalham em conjunto e ainda acreditam no lançamento do edital, ainda este ano.


A vice-presidente cobrou ainda o parecer da Procuradoria Geral do Estado a respeito da revisão da Lei da Carreira 441/2011 para criação dos novos perfis de Fiscal Sanitário e Auditores do SUS, e que segundo a SGP ainda não foi enviado à SES. Os dirigentes sindicais informaram que uma comissão de representantes dos fiscais sanitários, solicita uma reunião em Cuiabá com o secretário de Saúde, intermediada pelo SISMA que fará solicitação a PGE, SES e SEGES a respeito desse parecer.


Oscarlino aproveitou a reunião para relatar a situação precária do funcionamento do Hospital Regional de Rondonópolis, com corte de energia elétrica, falta de insumos e medicamentos, fracionamento de medicações, elevador do hospital interditado há meses, sem locais apropriados para o repouso, mas com uma indignação grande por parte dos servidores da carreira lotados no hospital, que com toda essa precariedade relatam a instalação de câmeras de vigilância por todo hospital inclusive dentro do posto de enfermagem.


Novas cobranças também foram feitas acerca das centenas de processos em trâmite dentro da superintendência com destaque aos requerimentos de pagamento da Insalubridade. A superintendente relatou o trabalho intensificado da gerência onde está lotada a nova equipe de saúde do trabalhador para os levantamentos e os registros da LTCAT por local que possibilitem a emissão dos pareceres nos mais de 500 processos com requerimento de pagamento da Insalubridade.


Para os demais processos Ana Cláudia e Izabella acordaram um fluxo entre Ouvidoria Sindical SISMA e SGP para comunicação das demandas de informações recebidas pelo sindicato, para que o servidor demandante receba retorno do andamento e providências sobre o seu respectivo processo.

Comentários

Deixe Seu Comentário