- TERÇA, 18 DE SETEMBRO DE 2018

G1/MT: Cirurgias bariátricas são suspensas em hospital público de MT por falta de repasses de verba

Pacientes obesos que fazem tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) estão preocupados com o atraso no cronograma das cirurgias bariátricas, no Hospital Metropolitano de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Segundo a coordenadora do grupo Uma Nova Chance Para a Vida, Zenaide Lopes, a informação divulgada é de que as cirurgias estão suspensas por falta de repasses de recursos pelo governo do estado para o pagamento dos fornecedores.

"Eles não estão pagando os fornecedores e agora as cirurgias estão todas suspensas", disse.

O motorista Paulo Rodrigues dos Santos está esperando uma vaga para fazer a cirurgia há cerca de um ano. Ele explicou que após realizar um exame foi constatado que seus rins estão funcionando apenas 36%.

"Gastei dinheiro com o exame e me disseram que só 36% dos meus rins estão funcionando e meus joelhos doem", contou.

A Secretaria Estadual de Saúde está negociando com outros fornecedores para que as cirurgias bariátricas possam voltar a ser realizadas a partir da próxima semana, segundo o diretor técnico do hospital, Fábio Liberali.

"A secretaria informou que novas negociações estão avançando e que as cirurgias devem voltar a serem feitas na próxima semana", afirmou.

Ele explicou que são realizadas 20 cirurgias por mês e que 1.150 mil pacientes estão recebendo acompanhamento.

Comentários

Deixe Seu Comentário