- TERÇA, 12 DE DEZEMBRO DE 2017

Servidores da Saúde participam de Ato Público Contra a Reforma da Previdência

Com objetivo de dialogar com a população e promover a sensibilização aos aspectos negativos que a proposta da Reforma da Previdência traz para a classe trabalhadora o Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde de Mato Grosso (SISMA/MT) participaram na tarde de ontem (05.12), do Ato Público contra a proposta de reforma na Previdência Social, de autoria do Governo Federal. O manifesto liderado pelos líderes sindicais teve início às 16h, na Praça Alencastro, em frente à Prefeitura de Cuiabá.

Os trabalhadores com faixas, cartazes e um trio elétrico, buscaram a sensibilização de todos que transitavam pelas imediações, assinalando os malefícios da proposta para a classe trabalhadora. Os sindicalistas enfatizaram que com as mudanças de regras para a concessão de aposentadorias haverá aumento do tempo de contribuição, sendo necessários 40 anos de trabalho para conseguir 100% do salário benefício.

O presidente do SISMA ressaltou que o Fórum Sindical, entidade que congrega os sindicatos e associações das carreiras do Poder Executivo, buscou com o ato a conscientização da população, mostrando os prejuízos que somente a classe trabalhadora terá, visto que as aposentadorias especiais e regalias aos governantes continuarão. "Estamos conversando com a população e mostrando quais são os prejuízos de ter que trabalhar mais. A expectativa de vida do brasileiro aumentou e parece que isso se transformou em crime. as mulheres vão ter que trabalhar mais sete anos e os homens, mais cinco. E se não chegar a 40 anos [de contribuição], não vamos aposentar pelo teto que estamos contribuindo. É um prejuízo imensurável", afirmou.

Assim como Mato Grosso, outros estados também realizaram o Ato Público, mostrando que os trabalhadores são contra as reformas propostas pelo Governo Federal. “Estamos em alerta contínuo, e somente com apoio da população conseguiremos barrar este atentado contra os direitos dos trabalhadores”, resumiu o sindicalista.

GALERIA DE IMAGENS

 

 

 

 

Comentários

Deixe Seu Comentário